Gerenciamento de software como ativo de automação industrial

Quando falamos em gerenciamento de ativos na área de automação industrial, fica evidente a intenção de cuidar e manter bens materiais da empresa, como equipamentos ou instrumentos (sensores / atuadores). Dentro desse contexto, é importante também ressaltar como ativo o software, que ganha importância como um bem à medida que é cada vez mais utilizado para controlar, supervisionar e gerenciar operações e produção.

Este artigo mostra em quais situações é indicado o gerenciamento do ativo software e como evitar conseqüências trabalhosas e até mesmo caras, como uma parada de produção prolongada, horas adicionais de trabalho (refazendo ou revendo programas devido a dificuldades na comparação destes) ou até mesmo situações ainda mais graves, como acidentes operacionais causados por uso de versões antigas do software do CLP, por exemplo.

Confira o artigo na íntegra: “Gerenciamento de software como ativo de automação industrial”

Comentar

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Captcha *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>